Auxílio Brasil: novo grupo recebe parcela de setembro nesta quinta-feira; veja calendário

Veja ainda onde obter mais informações sobre os benefícios, como calendário, saldo e pagamento de parcelas.

A parcela de setembro do Auxílio Brasil será paga nesta quinta-feira (22) aos beneficiários com Número de Identificação Social (NIS) com final 4.

O pagamento do benefício referente a setembro, com parcelas mínimas no valor de R$ 600, começou a ser pago nesta segunda-feira (19). Os beneficiários que possuem o NIS com final 1, 2 e 3 já tiveram os valores liberados.

O benefício será pago até o dia 30 de setembro para os demais segurados (veja no calendário abaixo).

Um total de 20,65 milhões de beneficiários em condição de vulnerabilidade social vão receber o mínimo de R$ 600 em setembro referente ao Auxílio Brasil. O repasse total para o mês é de R$ 12,47 bilhões. O valor médio do benefício é de R$ 607,52.

Na divisão por regiões, o Nordeste segue sendo a que concentra o maior número de famílias que recebem o Auxílio Brasil — são 9,58 milhões. Na sequência aparecem o Sudeste (6,11 milhões), o Norte (2,48 milhões), o Sul (1,37 milhão) e o Centro-Oeste (1,08 milhão).

Entre as Unidades Federativas, a Bahia é o estado com maior abrangência de contemplados. São 2,53 milhões de famílias. A lista segue com São Paulo (2,48 milhões), Rio de Janeiro (1,74 milhão), Pernambuco (1,65 milhão), Minas Gerais (1,59 milhão) e Ceará (1,45 milhão).

O adicional de R$ 200 para o Auxílio Brasil, que eleva o valor mínimo do benefício de R$ 400 para R$ 600, será válido entre agosto e dezembro deste ano. Esse acréscimo de valor está dentro da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) chamada Kamikaze, que prevê gastos de R$ 41,2 bilhões em medidas de auxílio à população pobre e a algumas categorias profissionais.