Ribeirão Preto registra maior volume de chuvas de SP na madrugada e volta a ter pontos de alagamento.

Segundo a Climatempo, entre 0h e 6h desta terça-feira (10), cidade teve 66 milímetros de precipitação. Parques do município seguem fechados e Defesa Civil monitora rios.

Com 66 milímetros de precipitação entre 0h e 6h, Ribeirão Preto (SP) registrou o maior volume de chuvas do estado de São Paulo na madrugada desta terça-feira (10).

Os outros municípios com grandes volumes foram Águas de Lindóia (38 mm), Lindóia (32 mm), Itapira (31 mm) e Mogi Guaçu (14 mm).

Por conta da forte chuva, Ribeirão amanheceu com diversos pontos de alagamentos e complicações no trânsito. Em atualização enviada às 6h35 pela Defesa Civil, que monitora os rios da cidade, os problemas foram registrados nos seguintes locais:

  • Diversos pontos da Via Norte: interdição e sinalização
  • Comunidade Vila União
  • Comunidade Locomotiva
  • Avenida Maurílio Biagi: com trânsito livre, mas com água na pista
  • Avenida Francisco Junqueira: óleo na pista
  • Avenida Adelmo Perdiza
  • Avenida Paschoal Innechi
  • Parques Maurílio Biagi, Raya e Curupira: fechados.

Segundo a Climatempo, o volume acumulado de chuva que caiu em Ribeirão Preto e Franca (SP) nos primeiros dias de 2023 já representa cerca de 30% da média histórica prevista para o mês de janeiro nas duas cidades.