Mutirão “Emprega Varejo” abre espaço para que empresas ofereçam vagas de trabalho

Seguem abertas até 21 de maio de 2024, as inscrições para empresas do Comércio Varejista de Ribeirão Preto que precisem contratar e queiram oferecer gratuitamente suas vagas de trabalho no Mutirão “Emprega Varejo”, a ser realizado no próximo dia 25 de maio de 2024 (sábado), das 8h às 14h, na Rua Tamandaré, 163, bairro Campos Elíseos.

As inscrições devem ser feitas junto ao Caterp (Centro de Apoio ao Trabalhador e ao Empreendedor da Secretaria Municipal de Inovação e Desenvolvimento), enviando mensagem para o WhatsApp (16) 3632-6060. A empresa que tiver interesse receberá o link para o preenchimento do formulário.

No máximo, 20 empresas poderão oferecer suas vagas nessa segunda edição do Mutirão, uma iniciativa conjunta de SINCOVARP (Sindicato do Comércio Varejista), SINCOMERCIARIOS RP (Sindicato dos Empregados do Comércio), CDL RP (Câmara de Dirigentes Lojistas), Divisão de Emprego e Renda da Secretaria de Inovação e Desenvolvimento Econômico (Prefeitura de Ribeirão Preto) e do Movimento “Conexão Varejo”.

“Por incrível que pareça, contratar colaboradores não é uma tarefa fácil para muitos lojistas que enfrentam uma grande carência de pessoas qualificadas para as vagas que oferecem. Por isso, outro propósito do Mutirão é incentivar e promover a capacitação profissional dos que almejam trabalhar no Comércio Varejista. Mapeamos essa ‘dor’ dos empreendedores e buscamos soluções”, explica Paulo César Garcia Lopes, presidente do SINCOVARP e da CDL RP.

Para tanto, o Mutirão também contará com a divulgação das trilhas de capacitação gratuitas da FUNTEC (Fundação de Formação Tecnológica) e do Centro de Qualificação Social e Profissional, da Semas (Secretaria de Assistência Social), ambos da Prefeitura de Ribeirão Preto.

Como vai funcionar o Mutirão?

As empresas inscritas vão oferecer centenas de vagas e assim o mutirão fará a conexão de quem quer e precisa trabalhar, com as oportunidades disponíveis no Comércio Varejista. Caso queiram, os empregadores poderão enviar até dois representantes do departamento de Recursos Humanos para conduzirem entrevistas com os candidatos.

Já os pretendentes devem levar o currículo profissional impresso, em duas vias, para agilizar o atendimento. Aqueles que tiverem dificuldade para elaborar o currículo antecipadamente poderão contar com o apoio da equipe do mutirão. O candidato que autorizar terá seu currículo cadastrado no banco de vagas permanente do Comércio de Ribeirão Preto.

“Trata-se de uma ação de grande alcance socioeconômico e que ajuda muitas pessoas a terem acesso ao mercado de trabalho por meio do Comércio Varejista. Vai ao encontro da nossa razão de existir, por isso, fazemos questão de realizar o Mutirão na nossa sede que é a casa dos comerciários de Ribeirão Preto”, afirma Regina Pessoti Zagretti, presidenta do SINCOMERCIARIOS RP.

Movimento ainda maior

O Mutirão “Emprega Varejo” é uma das ações que integram um projeto, ainda mais amplo, que é o Movimento “Conexão Varejo: Empreender de ponta a ponta!”, lançado em julho de 2023, liderado por SINCOVARP, SINCOMERCIARIOS RP, CDL RP, Senac SP e Sebrae SP. Trata-se da maior iniciativa de qualificação e fomento ao setor lojista, já realizada em Ribeirão Preto e região, também apoiada por diversas outras entidades setoriais, empresas locais e pela Prefeitura.

No eixo de qualificação profissional e empreendedorismo, por exemplo, além das parcerias com a FUNTEC e a Semas, o Movimento “Conexão Varejo” também conta com os portifólios do Senac SP e do Sebrae SP.

De acordo com André Rezende, head do Movimento “Conexão Varejo”, o Brasil vive um ‘apagão’ de mão de obra qualificada em quase todos os setores da cadeia produtiva, inclusive no Comércio.

“Aglutinando as ‘forças vivas’ da cidade, estamos empunhando a bandeira da educação profissionalizante, em especial para o setor lojista que é um dos pilares da economia local/regional. Tanto para empreendedores quanto para colaboradores das empresas. Começamos pelo Varejo que assim vai se conectando aos demais setores produtivos, de forma transversal e inteligente. Um complementa e impulsiona o outro, e assim fortalecemos um ciclo de prosperidade em que todos ganham. Vêm muitas coisas boas por aí!”, completa.